Pular para o conteúdo principal

Atenção com a gripe dos pets no inverno

Com a chegada do inverno, o tempo seco e ambientes fechados aumentam a incidência de gripe nas cidades. Mas o que muitos não sabem é que os animais também estão sujeitos a contrair a gripe. Por isso, a atenção com os pets é fundamental nesta época do ano.

Assim como nos humanos, os animais são contaminados pela gripe passando de um para o outro. Cão e gato têm gripes diferentes, porém, ambas são proporcionadas por vírus ou bactérias existentes no ar. A aglomeração destes animais também pode potencializar o risco de contágio entre eles.

Em animais saudáveis, a gripe não apresenta grande risco à saúde. Já para filhotes e pets com mais idade o risco aumenta devido à pré-disposição imunológica dos bichinhos. Em casos mais graves, a gripe pode evoluir para pneumonia e requerer mais atenção no tratamento.

Cães da raça Bulldogue, Boxer e Shitzu, por exemplo, podem apresentar maiores complicações devido ao seu focinho curto, o que predispõem os animais a terem mais problemas no aparelho respiratório. Os gatos, por sua vez, podem apresentar infecção nos olhos e boca. Em casos mais graves, podendo causar problemas oftalmológicos e dificuldades para os bichanos na hora de se alimentar.

Gripe atinge cães e gatos, cuidados e vacinação são a melhor prevenção
Crédito: Divulgação

SINTOMAS DA GRIPE NOS PETS

Muito semelhante aos seres humanos, os animais quando gripados podem apresentar secreções nos olhos, coriza, espirros, tosse seca e febre. A indisposição é comumente observada devido à baixa imunidade dos animais enfermos, em decorrência da possível falta de apetite e desidratação na fase da doença.

COMO TRATAR ANIMAIS COM GRIPE

A melhor maneira de proteger seu animal é manter a vacinação em dia. “Uma vez contraída a gripe, a primeira providencia a ser tomada é a higienização do local onde o animal costuma ficar, evitando que o vírus ou bactéria se prolifere, espalhando a gripe para outros animais”, declara Felipe Kodo, médico veterinário do Hospital Veterinário Batel.

Depois de diagnosticada pelo médico veterinário, a gripe pode ser tratada com medicação adequada para a espécie. A medicação para humanos nunca deve ser ministrada aos pets sem acompanhamento de um profissional especializado, pois há o risco de promover ainda maiores danos à saúde do animal.

Medidas como manter o local limpo, remover as secreções com ajuda de algodão e solução fisiológica, bem como manter o animal sempre bem hidratado, com alimentação saudável e regular podem auxiliar na recuperação do pequeno companheiro.

Manter o pet com a vacinação em dia é outra forma eficiente de manter o animal protegido contra a gripe e inúmeras outras doenças. O HVB possui atendimento domiciliar, realizando consultas e vacinações em seu ambulatório móvel, um dos primeiros do país. Para isso, basta estrar em contato com o Hospital e agendar o atendimento.

Serviço:
Hospital Veterinário Batel
Rua Bruno Filgueira, 501, Batel, Curitiba-PR
www.hvbatel.com.br
(41) 3039-6644
Atendimento 24h

Comentários