Pular para o conteúdo principal

Peça O 8º Andar em cartaz em Curitiba



Estreia hoje, 2 de outubro, na Casa Selvática Ações Artísticas, a peça “O 8º Andar”, do diretor, autor e ator Roger Batista. Segundo ele, em 2010, a notícia da tentativa de suicídio de uma jovem chinesa de 22 anos chamou a atenção do mundo todo por um fato inusitado: vestida de noiva, a jovem - que foi abandonada pelo noivo -, atirou-se do sétimo andar de um edifício, mas seu vestido ficou preso no parapeito da janela, o que permitiu que ela fosse resgatada por um policial segundos depois de ter se lançado para fora do edifício.

A notícia é só o ponto de partida para o desenvolvimento do espetáculo de Roger Batista, que coloca, no palco, a atriz Amanda Amaral como uma noiva que vê passar diante dos olhos toda sua vida de frustrações nos breves minutos em que fica pendurada no parapeito da janela. “Uma das coisas que mais me chamaram a atenção nas imagens da tentativa do suicídio foi o olhar desolado da moça. A partir disso, pensamos o texto de forma a poder dar a ela a oportunidade de explicar as razões que a levaram a se jogar do alto do edifício. É como se ela tivesse uma chance de explicar para as pessoas o motivo de estar naquela situação patética”, conta Batista.

Elaborada como uma tragicomédia, a peça transporta o fato ocorrido em 2010 para uma outra realidade, uma outra cidade, em um outro tempo, nos quais a personagem, também ela uma noiva, leva a público uma reflexão sobre a sua vida até aquele momento. Drama e humor se intercalam e em não raros momentos em que nos pegamos rindo e chorando ao mesmo tempo. No relato de oportunidades perdidas, conflitos mal resolvidos e coisas inacabadas que ela acumulou ao longo dos anos. “Fomos do sétimo para o oitavo andar – eu morava no 8º andar quando escrevi o texto – para propor uma reflexão individual sobre quem é a personagem e quem ela poderia ser se suas escolhas fossem outras, se ela não tivesse se esquecido dela mesma, algo que é compartilhado com o público de forma leve, emotiva e, às vezes, engraçada”, comenta o diretor.

A peça fica em cartaz às 5ªs, 6ªs e sábados às 19 horas, e aos domingos, às 18 horas. A Casa Selvática Ações Artísticas fica na Rua Nunes Machado, 950, Rebouças. Os ingressos são R$20 inteira e R$10 a meia entrada, e podem ser adquiridos a partir de uma hora antes do evento.

Comentários