Pular para o conteúdo principal

Dicas de como preservar roupas em couro


Fugir das receitas caseiras e guardar da forma correta são pontos importantes e garantem vida longa aquela peça favorita

O inverno chegou com tudo e, ao que tudo indica, deve ser muito rigoroso. É nessa hora que lembramos de tirar as roupas de frio do guarda-roupas e encontramos muitas surpresas desagradáveis. Dependendo do tipo de peça, como o couro, por exemplo, foi guardado durante as estações quentes, a surpresa pode ser pior ainda. Além das manchas, o mofo pode trazer inúmeros problemas respiratórios. Tudo isso pode ser evitado com medidas simples.

De acordo com a proprietária da Lavoutique Lavanderia & Costura, Birgit Keller Marsili, as roupas em couro legítimo ou ecológico necessitam de cuidados especiais, a começar pela maneira que você guarda cada peça, que nunca deve ser colocada no closet, dobrada. Esse tipo de prática pode deformar o couro e por isso devem ser colocadas em cabides largos. Embalagens plásticas são proibidas porque funcionam como uma estufa para o material.

“É preciso colocá-las em cabides com formatos anatômicos e arredondados para não deformar o couro, além de protegê-las com uma capa escura e de tecido, tipo TNT, evitando a entrada de luz e fazendo com que o ar circule. Para evitar o mofo, o ideal é que a roupa seja tirada do armário de três em três meses e fique pelo menos 24 horas em um local arejado e na sombra. Evite deixar os anti-mofos próximo das peças, pois é muito comum a ação química do produto agir diretamente na umidade do couro, danificando-o”, orienta.

Quando falamos em roupa de couro, logo pensamos nos tons escuros, porém, existem peças de couro em cores claras. A primeira medida é não guardar junto com outras peças que podem soltar tinta. O couro claro ou branco merece uma atenção extremamente especial para evitar manchas. Ainda conforme as orientações da empresária, a melhor forma de conservar uma peça por muito mais tempo, a higienização dos couros legítimos e ecológicos devem ser feitas em lavanderia profissional, onde são usados produtos específicos para cada tipo de couro, tanto para lavar como para hidratar.

Outra dica importante é evitar fazer receitas caseiras para limpar as roupas em couro. Dependendo do tipo de material usado, é bem provável que o problema fique ainda maior, principalmente se você tem o costume de deixar as peças expostas ao sol. Muita gente acha que está fazendo um bem adotando essas práticas, quando na verdade estamos acelerando o processo de envelhecimento do couro, que acaba sendo irreversível.

“Não caia na armadilha das receitas caseiras, você vai se arrepender. É melhor deixar que uma lavanderia de qualidade e de sua confiança, faça esse trabalho. Com o pensamento em economizar, muitas pessoas tentam resolver o problema em casa. O que vai acontecer é que você vai ter que procurar uma lavanderia mais tarde e o barato sairá mais caro. Já fizemos vários estudos e conseguimos afirmar que sai muito mais em conta higienizar as roupas em uma lavanderia. Você economiza tempo, água, energia e ainda recebe as roupas passadas e limpinhas. Além de economizar, você prolonga a vida útil, tanto das peças em couro ou qualquer outro tipo de tecido”, conclui Birgit.

Comentários