Pular para o conteúdo principal

MICE Curitiba: Guia para atrair eventos de negócios é lançado

Evento reuniu setor de turismo e negócios de Curitiba
Crédito: Klym Fotografia/Hard Rock Cafe Curitiba


Segmento de congressos, convenções, viagens corporativas, mostras e exibições é responsável por movimentar R$ 305 bilhões no Brasil; Capital paranaense está entre as cidades com melhores oportunidades e infraestrutura completa

Curitiba inova e sai na frente mais uma vez. Diversos players do setor de eventos da cidade se uniram de forma colaborativa e criaram um projeto focado em expandir os eventos de negócios, como congressos, convenções, conferências, viagens corporativas, mostras e exibições. Graças a uma parceria entre entidades privadas e o poder público municipal, capitaneada pelo hub de marketing Air Promo, que celebra 11 anos em 2022, acaba de ser lançada uma revista impressa e um vídeo para apresentar as qualidades de Curitiba para receber eventos de todos os tipos e tamanhos - além de um guia rápido, que tem o intuito de ajudar na organização de atividades desse nicho.

O evento de lançamento aconteceu no Hard Rock Cafe Curitiba – maior cadeia de restaurantes temáticos do mundo – e contou com a presença do prefeito Rafael Greca, da presidente do Instituto Municipal de Turismo, Tatiana Turra, dentre outras autoridades, convidados e imprensa.

O que é MICE?
O projeto é batizado de MICE Curitiba, que denomina uma parte do turismo que busca criar eventos de qualidade para oferecer experiências inesquecíveis para as pessoas. Essa expressão é uma sigla internacional para Meetings, Incentives, Conferences and Exhibitions (Encontros, Incentivos, Conferências e Exibições). "Aqui no Brasil, MICE é popularmente conhecido como Turismo de Negócios e Eventos. Esse segmento se tornou um grande propulsor da economia nacional, chegando a movimentar R$ 305 bilhões, quase 5% do PIB do país”, explica o diretor de relações institucionais e novos negócios da Air Promo, Rafael Maia, principal entusiasta do projeto.

No mundo, de acordo com dados de estudo conduzido em 2018 pela Oxford Economics e parceiros, os eventos de negócios geraram 621 bilhões de dólares do PIB internacional. E a expectativa é de que até 2025 chegue a movimentar 1,44 trilhões de dólares. Isso já considerando os efeitos da pandemia, segundo uma projeção da empresa japonesa Sansa.

Curitiba desponta como capital criativa
A capital do Paraná desponta como um destino perfeito para eventos de negócios. As razões são várias, como explica Maia: “Curitiba tem uma paisagem urbana atrativa, uma infraestrutura poderosa de hospedagem e espaços de exposição, redes de gastronomia e lazer, uma mobilidade facilitada que ganha em disparado de São Paulo e Rio de Janeiro, por exemplo, e uma mão de obra que sempre busca a excelência”, avalia.

As provas são inúmeras. No audiovisual, por exemplo, a capital paranaense tem sido o cenário preferido de produções nacionais e internacionais da Renner, Sadia, Instagram, Grupo XP, Netflix, Doritos e Volkswagen. A cidade também é lembrada pelos excelentes profissionais formados ou nascidos aqui, sejam diretores, atores, produtores ou técnicos. Nos últimos tempos, dois grandes nomes locais têm chamado atenção até internacionalmente. É o caso do diretor Marcos Jorge, celebrado pelo filme “Estômago” e pela recente série documental sobre o assassinato de Celso Daniel, e do diretor baiano radicado em Curitiba Aly Muritiba, responsável pela série documental “O Caso Evandro” e pelo filme “Deserto Particular”, indicado pela Academia Brasileira de Cinema e Artes Audiovisuais para representar o Brasil no Oscar 2022.

Na gastronomia, Curitiba é conhecida como a capital da cerveja artesanal desde 2017. Embora o município paranaense não seja a cidade com maior número de cervejarias do Brasil, é o lugar onde estão localizadas as marcas mais reconhecidas e premiadas do setor, como Way Beer, Bodebrown, BierHoff, Morada Cia. Etílica, Maniacs, Dum e Bastards.

A cidade é casa também do Congresso Internacional de Felicidade, que reúne os melhores palestrantes do mundo em filosofia, espiritualidade, ciência e arte, e, desde 2021, promove o Natal brasileiro com a maior programação gratuita. Na última edição, foram 53 atrações, com feiras temáticas, vilas natalinas, voos de balão, carrossel gigante, circuitos de luzes, desfiles, apresentações diversas e decorações personalizadas.

Sem falar no Smart City Expo Curitiba, edição brasileira do maior evento de cidades inteligentes do mundo, do Festival de Teatro de Curitiba, que completa 30 anos como a maior vitrine de produção teatral do Brasil, e dos escritórios de arquitetura, urbanismo e design, locais que são reverenciados por sua produção contemporânea, principalmente em concursos públicos de projeto, como o que resultou na nova estação brasileira na Antártica, concebida pelo Estúdio 41.

Guia para eventos
A revista MICE Curitiba traz matérias que exploram todas essas riquezas culturais e de infraestrutura que a cidade esbanja, a fim de que curitibanos e não curitibanos possam conhecer mais o potencial de seus espaços e realizar eventos que possam gerar conexões entre marcas e pessoas. Outro destaque é o guia rápido com as principais opções de áreas de exposições, hotéis, lugares históricos, restaurantes, shoppings, teatros, praças e parques, com informações de capacidade, localização e outros detalhes.

Além de ser um dos principais espaços na cidade, a UP Experience (UPX) também é um dos maiores centros culturais, esportivos e científicos do Paraná. Sediada nos campi da Universidade Positivo, no Ecoville, Praça Osório e Praça Santos Andrade, em Curitiba, ela é composta por mais de 300 espaços, entre eles, o Teatro Positivo, o Teatro UP Experience, o Expo Unimed Curitiba, o Centro Esportivo UPX Sports, além de auditórios, biblioteca, clínicas, laboratórios, bosques e muito mais. Com mais de 500 mil metros quadrados, sendo 153 mil metros quadrados de área verde, a UPX é parte indispensável do ecossistema de eventos e turismo do Paraná e do Brasil.

“A cidade é consolidada no segmento de eventos em virtude da concentração de empresas, como centros universitários, centros de negócios e centros médicos, que impulsionam a realização de feiras, encontros e congressos. O turista que vem para cá é muito exigente, o que qualifica os nossos serviços para atender a qualquer público. Nosso projeto estratégico para Curitiba tem participação da administração pública, sociedade organizada e iniciativa privada”, reforça a presidente do Instituto Municipal de Turismo de Curitiba, Tatiana Turra.

O guia, a revista e o vídeo estão disponíveis gratuitamente no site do projeto.

Comentários