Pular para o conteúdo principal

Oportunidade de estudos para mulheres


Criada há um ano em Curitiba, a startup Motonic, com foco nas motocicletas de baixa cilindrada, quer formar mulheres mecânicas para atender um público cada vez maior que se utiliza das motos não só para passeio, mas também como uma forma de garantir o sustento da família.

Apesar de a grande clientela ser homens, a Motonic surgiu com uma essência feminina, possuindo 60% de mulheres em seu quadro funcional, em cargos operacionais, especialistas e de gestão. Porém, sempre teve dificuldade de contratar funcionárias na linha de frente da oficina. Então, em parceria com a Escola de Mecânico, resolveu formar seu próprio quadro de mecânicas selecionando duas mulheres que ganharão 100% de bolsa e ainda um estágio remunerado na própria oficina.

“O motociclismo em geral é um dos setores que mais crescem no Brasil e nós acreditamos no potencial das mulheres para atuar também nessa área. Queremos transformar a paixão de alguma delas em profissão” explica a head de produtos da Motonic, Gabriella Muller.

O curso da escola de mecânico tem duração de cinco meses, sendo o primeiro mês de aulas presenciais e os demais já integrados com o estágio na oficina. Dependendo do desempenho elas poderão ser contratadas pela Motonic.

Para participar as interessadas devem preencher um formulário disponível na página https://pessoas.motonic.com.br/mulheres/. Todas as candidatas passarão por uma aula com o time da Escola de Mecânico onde será abordado o universo da Mecânica de Motos. As mulheres que se destacarem serão convidadas a uma visita à Oficina Motonic e, em seguida, serão entrevistadas com mais profundidade.

Comentários