Pular para o conteúdo principal

Empresa Brasileira do Ano 2022


A Latin American Quality Institute (LAQI) tem como missão ajudar empresas de toda a América Latina a fazerem a coisa certa para seus clientes e para o planeta. Eles fornecem inteligência empresarial a mais de 3.500 empresas a cada ano, em 19 países. E em uma nova edição do Brazil Quality Summit, anunciou esta semana o reconhecimento pela gestão realizada na empresa paranaense Águas Ouro Fino, que será reconhecida com o Prêmio “Empresa Brasileira do Ano - 2022”.

No dia 10 de maio, no Sheraton WTC São Paulo, na cidade de São Paulo, a empresa vai receber o prêmio como reconhecimento pela atividade empresarial realizada, além do compromisso de se adequar ao Modelo de Excelência LAEM, que forma o conceito de Responsabilidade Total da LAQI.

“Estamos muito felizes com a conquista do prêmio da Latin American Quality Institute. Sem dúvidas, é muito importante para nós e para todos os nossos colaboradores. Está no nosso DNA realizar ações com foco na melhoria continua, que impactam positivamente na qualidade em todos os nossos processos e produtos. Levar produtos com excelência em qualidade para nossos clientes e sociedade faz parte dos nossos valores. Estamos sempre nos atualizando e acompanhando as novas tendências empresariais, tanto em nível regional como global, então receber este prêmio nos enche de orgulho e nos impulsiona a desenvolver projetos cada vez melhores”, pontua Marcelo Marques, CEO da Ouro Fino.

A Ouro Fino se destacou por alcançar um altíssimo nível de satisfação do seu produto, além de sempre inovar o serviço para fidelizar os clientes e consumidores, que são os principais inspetores da qualidade no desenvolvimento empresarial.

“Atualmente, para alcançar a Qualidade Total Empresarial, as empresas devem estabelecer objetivos de triplo impacto (Ambiental-Social-Governança). Nesse sentido, capacitaremos cada líder empresarial de nossa rede a aplicar uma gestão responsável que impacte na sociedade e que contribua, ao mesmo tempo, para alcançar o objetivo mundial proposto pela ONU para 2030 através dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável”, declarou o fundador e principal executivo da LAQI, Daniel Maximilian da Costa.

Comentários