Pular para o conteúdo principal

Entrega do Selo OAB é adiada por conta da pandemia


A cerimônia de entrega da 7.ª edição do Selo OAB Recomenda, agendada para o final de janeiro, na sede do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, em Brasília, foi adiada por conta da pandemia e ainda não tem data definida. O Selo OAB Recomenda é concedido às instituições de ensino superior de todo o país que apresentam padrões de excelência. É concedido a cada três anos e leva em conta dois critérios: o índice de aprovação nos exames da Ordem e o conceito obtido no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade).

As instituições agraciadas já receberam comunicado da Ordem e, mais uma vez, o curso de Direito da Universidade Positivo (UP) é reconhecido. De acordo com a coordenadora da Escola de Direito e Ciências Sociais da UP, Thaís Paschoal, receber o selo mais uma vez atesta a excelência do curso. “Oferecemos uma adequada formação teórica e prática, com elevada qualidade do ensino, inovação na pesquisa e desenvolvimento da extensão, preparando os estudantes para o protagonismo em ações de cidadania e para os novos desafios do mundo do trabalho”, destaca.

Orientado de acordo com os objetivos de desenvolvimento sustentável (ODS), o curso se destaca pelo corpo docente, formado por mestres e doutores, além do pioneirismo, já que, dentre outras coisas, foi o primeiro a criar uma incubadora de escritórios de advocacia, que auxilia os profissionais recém-formados a se posicionarem no mercado e desenvolverem habilidades voltadas à gestão de escritórios.

Comentários