Pular para o conteúdo principal

Banda Trem Fantasma lança primeiro ábum em CWB

 


Nesta sexta-feira (7) a banda curitibana "Trem Fantasma" faz o show de apresentação do seu primeiro álbum de estúdio, denominado “Lapso” que é um lançamento do 180 Selo Fonográfico. O evento acontece no Jokers Pub (Rua São Francisco, 164, Centro) às 22h, com abertura da banda Marrakesh. 

As músicas que fazem parte do álbum “Lapso” são: "Nebulosidade", "O silêncio e o Estrondo", "Lua Alta"," Tua Nuvem", "Sobre viver", "Dublinense", "Sem rumo", "Pesadelo", "Antimatéria". De acordo com ficha técnica assim está distribuída a participação musical : Leonardo Montenegro (guitarra, violão, piano, órgão, synth, backing vocal) ; Marcos Dank ( guitarra, violão e voz); Rayman Juk ( baixo, órgão, piano, synth e voz) Yuri Vasselai (bateria, percussão e voz); Sanjai Cardoso ( backing vocal em “Tua Nuvem”) ; Pedro Pelotas ( piano em “Pesadelo”) e Charly Coombes (piano em “Antimatéria”). 

As músicas “O silêncio e o estrondo” e “ Lua Alta” utilizam trechos de poemas de Paulo Leminski, com a autorização dos herdeiros legais da obra do poeta.

O álbum foi produzido por Beto Bruno e Sanjai Cardoso, gravado nos estúdios Casa de Rock (Curitiba), Jamute (Curitiba), Gorila (Porto Alegre) e Live Rec (São Paulo). Foi mixado por Sanjai “Siri” Cardoso e Jander “Cavalo” Antunes na Jamute (São Paulo) e Live Rec (São Paulo) e masterizado por Rob Grant no Poons Head Studios (Austrália). 

Já o lançamento do álbum nas plataformas digitais e do site acontece no dia 21 de outubro próximo. A direção de arte e ilustrações do álbum é de Pietro Domiciano e a fotografia de Zeca Milleo. A banda "Trem Fantasma" foi fundada em 2008 e atualmente é formada por Leonardo Montenegro, Marcos Dank, Rayman Juk e Yuri Vasselai . Em 2010, lançou o primeiro EP “Oliver no Planeta do Sol” , apresentando músicas do gênero rock psicodélico. Além do EP, a banda tem singles como "Casmurro", "Júlia" e "Nunca Se Sabe". 

O "Trem Fantasma", além de Curitiba, já se apresentou em em São Paulo (Capital), Rio Negrinho, no festival Psicodália, em Joinville e Porto Alegre. As influências da banda, são rocks dos anos 60 e 70 como Cream, Led Zeppelin, The Who, Beatles, Stones, Mutantes, Neil Young. Mas existem algumas influências mais atuais como Supergrass, Raconteurs e Tame Impala.

Comentários