Pular para o conteúdo principal

Novembro Azul

Hospital Erasto Gaertner orienta sobre os principais tipos de câncer que atingem os homens.


No mês de conscientização sobre a importância da prevenção do câncer no homem, o Hospital Erasto Gaertner alerta e orienta sobre o diagnóstico precoce, especialmente do câncer de próstata, que tem cerca de 68,8 mil novos casos a cada ano no Brasil. Durante todo o Novembro Azul, a fachada do Hospital ficará iluminada com a cor que simboliza a campanha.
O câncer de próstata é a neoplasia maligna mais incidente no homem e pode se desenvolver por vários anos sem que o paciente tenha um sintoma. De acordo com o oncologista do Hospital Erasto Gaertner, Dr. Murilo de Almeida Luz, é preciso lembrar a importância de o homem dedicar-se aos cuidados com a saúde: “de modo geral, o homem brasileiro tem uma certa dificuldade de ir ao médico. Ele estabelece um bloqueio, então é difícil trazer esse homem para o consultório, para que ele cuide de sua saúde geral”.
Principalmente após os 40 anos, segundo o especialista, além de ficar atento a qualquer mudança ou sintoma que apresente. “É comum os homens demorarem longos períodos antes de valorizarem alguma queixa. Cuidados básicos como cessação do tabagismo e etilismo, alimentação balanceada e exercícios físicos regulares podem fazer grande diferença nos anos futuros deste indivíduo", alerta o médico.
Confira algumas orientações sobre os principais tipos de câncer que atingem os homens:
Câncer de próstata: é um dos mais frequentes nos homens, manifestando-se, principalmente, após os 50 anos. Existe uma potencial vantagem em diagnosticar o câncer de próstata precocemente. Geralmente, a doença cresce lentamente e apenas causa sintomas quando está mais avançada. Na maioria dos casos, o aumento da próstata deve-se a doenças benignas e não ao câncer.
Obesidade, afrodescendência e casos na família são fatores que aumentam o risco deste tipo de câncer. Já dieta balanceada e pobre em gorduras, controle de peso e exercícios físicos regulares ajudam a reduzir o risco.
Câncer de testículo: é o tumor maligno mais comum em homens entre 20 e 40 anos. A maioria dos cânceres deste tipo podem ser curados se diagnosticados precocemente. Homens que têm ou tiveram os testículos fora da bolsa escrotal, irmão ou pai com câncer de testículo, diagnóstico prévio de câncer no outro testículo, infecção por HIV e pele branca possuem maior risco de desenvolver o câncer de testículo. Atualmente, não existem estratégias comprovadas para a prevenção desta doença, por isso, é necessário ficar atento para o diagnóstico precoce.
Câncer de pênis: a higiene inadequada é uma das principais causas e poderia ser evitada através da limpeza apropriada com água e sabão. Falta de limpeza diária, portadores de fimose que não conseguem expor a glande para a higiene adequada, tabagismo, infecção por HPV e AIDS aumentam o risco de câncer de pênis.

Serviço:
Hospital Erasto Gaertner
R. Dr. Ovande do Amaral, 201 - Jardim das Américas - Curitiba/PR
Telefone: (41) 3361-5000
www.erastogaertner.com.br

Comentários