Pular para o conteúdo principal

Hospistal ampliado

Muito além de uma ampliação, obra realizada pela Construtora Baggio traz reestruturação administrativa e aprimoramento tecnológico ao hospital da Clinipam.

O Hospital Ônix, da operadora Clinipam, foi inaugurado em setembro de 1998, em Curitiba (PR), com o objetivo de prestar atendimento médico multidisciplinar e altamente especializado aos seus pacientes, porém, com o passar dos anos, a demanda pelo atendimento cresceu, e com ela, a necessidade de se possuir uma estrutura maior. Assim, a Construtora Baggio foi escolhida para ser a responsável pela ampliação do edifício e criar um novo hospital para a capital paranaense.
Com um know-how construtivo direcionado, a construtora se aliou ao experiente arquiteto Gustavo Pinto. O profissional uniu sua experiência de 20 anos e mais de 200 mil metros quadrados de área hospitalares projetadas para conceber o novo espaço da Clinipam.


Ele explica que o objetivo era muito maior do que uma mera ampliação, mas principalmente criar as bases para um aprimoramento tecnológico dos estabelecimentos assistenciais de saúde e das reestruturações administrativas, focando na busca de um melhor atendimento aos pacientes.
“Muitos estabelecimentos nos solicitam projetos para problemas emergentes, de reforma e expansão, porém sem avaliar o conjunto hospitalar como um todo.  Neste caso o cliente já tinha uma edificação hospitalar existente e nos contratou para projetar uma ampliação.  Nosso desafio era projetar os novos espaços, integrar e otimizar os fluxos de pacientes e funcionários, adequar os ambientes para novos equipamentos e serviços, e criar uma volumetria externa que unificasse as edificações, existentes e novas, transmitindo as qualificações do Hospital Onix”, explica Gustavo.
O resultado foi uma nova edificação hospitalar, projetada dentro de um sistema construtivo executado pela Baggio que permite flexibilidade. Os fechamentos internos foram realizados com paredes leves; foram criados shafts para a verificação das instalações (hidráulica, elétrica, lógica, gases medicinais, ar condicionado e sonorização); pisos de alta resistência; e, acabamento de forros e paredes com cores alternadas e texturas aplicadas.  Na volumetria externa, o arquiteto projetou alguns painéis em alumínio composto e brises de forma a buscar uma unidade arquitetônica entre a edificação existente e a nova. Após finalizado, o Hospital Ônix vai contar com mais 100 leitos e fechará o ciclo de atendimento ao seu cliente, dando prioridade para Unidades de Tratamento Intensivo (UTI) e centros pediátricos.

Comentários