Pular para o conteúdo principal

Carreira solo

Neste sábado, dia 30 de maio, Xande de Pilares apresenta seu novo álbum ´Perseverança´ , o abre-alas da carreira solo do artista, no palco do Curitiba Master Hall.

Após 21 anos à frente do grupo Revelação, o cantor e compositor Xande de Pilares chega a Curitiba neste final de semana para fazer sua primeira apresentação em carreira solo na cidade. Com realização da Like Entretenimento, no sábado, dia 30 de maio, o carioca sobe ao palco do Curitiba Master Hall (R: Itajubá, 143), a partir das 23h59, para apresentar o show do seu novo álbum “Perseverança”, o abre-alas da carreira solo do artista. A abertura fica por conta dos grupos: Samba 4, Jeito a Mais, Grupo Segredo e Seligaê com participação do Magia Natural. Com 14 faixas inéditas, nove delas de autoria do próprio artista, o disco é cheio de novidades. Sobre o nome do novo disco, Xande comenta:“Esse CD é perseverante. É o retrato da minha vida. É o que eu sempre fui na minha vida, nunca desisti de nada que quis, de nada desde o tempo de colégio até os tempos de hoje. Quando eu quis aprender a tocar um cavaco, a diminuir a minha timidez, fui perseverante. E, também, já passei por muitos desafios”.


No repertório, sucessos da época de Revelação como, “Poder de Sedução”, “Virou Religião” e “Samba do Arerê” e sambas do novo disco, lançado em outubro de 2014 pela gravadora Universal, como “Sintoma de Amor”, o sucesso da nova fase, “Elas Estão no Controle”, “Fui Pra Balada” e “A Senha”, que faz parte da trilha do filme “Made in China”, do qual Xande de Pilares é protagonista e contracena com Regina Casé, com quem divide o palco do programa Esquenta, da Rede Globo.
No show, Xande é acompanhado por uma super banda, a “Arca de Noé”, composta por 15 músicos. Sob direção musical de Julinho Santos estarão Fred Camacho (cavaco), Charles Bonfim (baixo), Valdenir (violão 7 cordas),Pirulito, Nene Brown, Didio da Serrinha e Thiago Kukinha (percussão), Karla Prieto, Katya Kataryna, Wanderson e Papau (vocal), Fernando Portugal (bateria), Valério (teclado), Everton Germano (sopro) e o Julinho Santos (violão).

Comentários