Pular para o conteúdo principal

Força Livre de Arrancada acontece neste final de semana




Considerada o maior evento de Arrancada da América Latina, o Festival Força Livre, reunirá mais de 360 pilotos vindos de todas as regiões brasileiras. Os participantes serão divididos em 21 categorias, de acordo com o tipo de preparação de cada carro. O público, sempre superior a 40 mil pessoas, também promete lotar as dependências do Autódromo. Em uma prova de Arrancada, ganha quem percorrer a reta de 402 metros para aceleração no menor tempo possível, partindo da imobilidade. Para isso, os carros passam por preparação extrema.

A Dragster Top Alcohol, categoria máxima do evento, promete ser um grande espetáculo para o público! Cada carro é capaz de ultrapassar a velocidade de 300km/h em pouco mais de 5 segundos! Para alcançar tamanha performance, são utilizados motores de 8 cilindros com compressor volumétrico, capazes de gerar mais de 3500 cavalos de potência, o equivalente a mais de 50 automóveis equipados com motor 1.0. O barulho de um Dragster é ensurdecedor, e o público presente pode sentir a força do motor! Entre os participantes, teremos a presença de Sidnei Frigo, com um dragster aspirado movido a nitrometano, combustível usado por muitos anos em foguetes aeroespaciais. O piloto participa regularmente de provas de Arrancada nos Estados Unidos, país berço da modalidade. 

Já a categoria Pro Mod reúne carros com construção que lembram os veículos de rua, porém com preparação extrema. O evento contará com a participação do piloto paranaense Roderjan Busato, da equipe Speed Unlimited. A bordo de um Camaro construído em fibra de carbono e equipado com motor V8 bi-turbo, o piloto já ultrapassou a barreira dos 400km/h em pouco mais de 6 segundos, e por isso, o carro de Roderjan é considerado o mais veloz do Brasil na atualidade. Com 8 participantes de altíssimo nível, esta categoria promete ser um show a parte durante o Festival.

A Turbo Traseira também deverá proporcionar belíssimos duelos. Carros clássicos nacionais com tração traseira, como o Chevrolet Opala e também o Chevette, recebem preparações pesadas para alcançar os 1000 cavalos de potência. Os carros percorrem os 402 metros em 8 segundos, com velocidades próximas aos 300km/h. A equipe paranaense Julieta Competições é responsável por alguns dos carros mais rápidos da categoria, como os Opala de Celso Camargo, Cristiano e Cristian Julio (pai e filho), Juliano Pierini e Vilson Ferreira. Por serem carros similares aos encontrados nas ruas, mas com performance extrema, a categoria é uma das preferidas do público.

Além dos “pegas” na pista, quem for ao Autódromo de Curitiba acompanhará muitas outras atrações ligadas ao automobilismo. Na galeria Nitro Alley, diversos lojistas e prestadores de serviço do segmento estarão presentes. Ao final do evento, acontecerá o show de demolição de carros, prova em que os participantes duelarão até que apenas um carro siga funcionando, e também o show de manobras radicais, com zerinhos e cavalos de pau. No Força Livre Bar muita música com bandas locais, e para a criançada ainda terá o espaço Kids com brinquedos infláveis.

O ingresso tem valor de 10 reais para sexta-feira, 20 reais para sábado e 30 reais para domingo. Já a credencial de acesso aos boxes custam 100 reais para os 3 dias de competição, ou então 70 reais para o domingo. As credenciais de box podem ser adquiridas antecipadamente pelowww.tkingressos.com.br. Ingressos e credenciais serão vendidos nas bilheterias do Autódromo nos dias de evento.

Comentários