Pular para o conteúdo principal

Dengue: prevenção é o melhor remédio


Apesar de já ter passado a época de maior incidência da dengue – o verão – os cuidados para combater o mosquito devem se manter por todo o ano. Nesta segunda-feira (31), a Prefeitura de Curitiba revelou que está investigando um caso suspeito de dengue que pode ter se originado na capital – conhecido como caso autóctone, em que o paciente infectado não viajou para outras localidades, principalmente aquelas consideradas endêmicas. Com isso, a Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba fez um alerta à população para redobrar a atenção no combate ao mosquito da dengue, o Aedes aegypti.

Segundo Elias Santos, Administrativo Operacional da Biotrat, empresa do Grupo PoliService, especializada no controle de pragas, os ovos do mosquito podem sobreviver por mais de um ano às condições mais adversas, até eclodirem ao entrarem em contato com a água. “O cuidado, portanto, deve ser constante”, alerta.

Para o especialista “o mais importante é prevenir que estes mosquitos se reproduzam, evitando objetos que possam conter água parada, pois a fêmea do mosquito pode voar até 3 km à procura de um local propício para depositar seus ovos, geralmente próximo da superfície e nas bordas internas dos recipientes”, ressalta.

Confira algumas dicas para a prevenção da dengue:

- Mantenha recipientes, como caixas d’água, barris, tambores tanques e cisternas, devidamente fechados, com tampas adequadas;

- Faça a higienização das caixas d'água e cisternas periodicamente;

- Mantenha o terreno limpo, grama aparada, sem acúmulo de objetos como vidros, potes, garrafas, latas e pneus;

- Limpe as calhas, removendo folhas, galhos e sujeiras que possam impedir a água de correr;

- Não deixe acumular água sobre a laje;

- Mantenha as lixeiras bem fechadas, usando sacos plásticos e mantendo-os fora do alcance de animais até o recolhimento dos serviços de limpeza urbana;

- Lembre-se de separar o lixo reciclável;

- Coloque areia nos pratinhos de plantas, lavando-s periodicamente com escova;

- Troque a água de vasos de plantas aquáticas semanalmente, aproveitando para limpar por dentro com escova e sabão;

- Faça inspeção semanalmente e verifique se todos os itens acima estão de acordo;

- Dentro de casa também é preciso vistoria. Lave bem com água e sabão os recipientes utilizados para guardar água;

- Na lavanderia verifique se tem água parada em baldes, máquina de lavar e tanques,

- Nos banheiros inspecione se existem locais com água parada;

- Aplicar desinfetante, água sanitária nos ralos quinzenalmente.

Comentários