Pular para o conteúdo principal

Febrachoco é atração em Gramado

Conhecida como principal centro de produção de chocolates artesanais da América Latina, Gramado finalmente terá uma feira profissional destinada ao setor. A primeira edição da Feira Brasileira do Mercado de Chocolates (Febrachoco) começa nesta quarta-feira, dia 31, e vai até o sábado (dia 3) no ExpoGramado, centro de feiras próximo do centro da cidade.

O evento será ancorado pelo Congresso Latino-Americano de Chocolates (Chocolatino), que irá discutir as relações da cadeia produtiva, passando por temas como a evolução do chocolate caseiro e artesanal ao patamar de gourmet. A convergência entre o food service, a gastronomia e a indústria de chocolate também serão debatidos no encontro. O Brasil é o terceiro produtor mundial de chocolates, superado apenas por Estados Unidos e Alemanha. Em termos de Mercosul o Brasil é disparado o maior mercado para chocolates, balas e confeitos com uma estimativa de consumo de US$ 9 bilhões, vindo em segundo a Argentina com um consumo estimado de US$ 1 bilhão. Estes números mostram o potencial para o crescimento dos negócios neste setor, dai a importância do evento de Gramado.

A Febrachoco já nasce com o apoio das maiores empresas brasileiras do setor. A Harald, um dos maiores fabricantes de coberturas do Brasil, será um dos patrocinadores. A Barry-Callebaut, maior fabricante de chocolate do mundo, também estará presente, bem como a Arcor, um dos fabricantes mais conhecidos do público consumidor. O evento conta, também, com o apoio da Achoco (Associação dos Chocolateiros de Gramado), da Alaccta (Associação Latinoamericana y Del Caribe de Ciência y Tecnologia de Alimentos) e da Prefeitura de Gramado.

Comentários