Pular para o conteúdo principal

Projeto para atrair consumidores

Comerciantes criaram novo circuito de compras na cidade

O potencial econômico da região da Praça Espanha começa a despontar. Os empresários perceberam que não podem sobreviver se ficarem sozinhos num mundo globalizado onde a cooperação é fundamental. Eles se organizaram para definitivamente criar um novo circuito de compras, gastronomia e lazer em Curitiba. Chamado de Batel Soho, fica numa região onde circulam cerca de 20 mil pessoas por mês, com alto poder aquisitivo, em um dos bairros mais valorizados de Curitiba.
Criado no final do ano passado, o projeto é uma realização da Associação dos Comerciantes da Região da Praça Espanha (Ascores) para estimular os consumidores a percorrerem o circuito. “A região é convidativa por si só, mas precisávamos chamar ainda mais a atenção dos compradores. Através de diversas ações, queremos fortalecer o comércio de rua, fazendo com que toda a cidade ganhe com isso”, explica a presidente da Ascores, Marta Xavier. A idéia, inclusive, é criar projetos de revitalização como reconstrução de calçadas, plantio de árvores, sinalização, iluminação e mobiliário urbano, além de investir em segurança, tudo para atrair ainda mais pessoas ao descolado circuito.
Para a designer Silvia Döring, proprietária da loja de acessórios de luxo de mesmo nome localizada na região, os estabelecimentos de rua são muito mais charmosos e convidativos e têm uma clientela específica. “A idéia de criar o circuito foi bem recebida pelos comerciantes e também pelo público. É importante resgatar essa cultura de andar pela rua, onde todos podem circular à vontade quando estão comprando”, explica.
Silvia diz que o circuito está trazendo um novo público, mas só isso não garante as vendas. “Cada lojista precisa entender que somente isso não basta. O público necessariamente não é cliente. Para transformar ele em cliente é preciso oferecer produtos que despertem o desejo, qualidade e, principalmente, prestar bom atendimento”, diz.

Comentários