Pular para o conteúdo principal
Rafael Araújo agita o CrossHouse neste domingo
Todos os domingos o Crossroads está abrindo mais cedo para atender aos fãs da música eletrônica, com muito House, EletroHouse e Eletro. Neste primeiro domingo de agosto (03), o curitibano DJ Rafael Araújo comanda as pick-ups na noite CrossHouse.
Pioneiro em diversas atividades relacionadas à cultura eletrônica, desde festas até selos fonográficos, o DJ Rafael possui um currículo invejável no cenário da e-music. Além de DJ é produtor, promoter, webmaster e radialista, se apresenta sob três diferentes estilos: Nyllon (electro e house), Maria Loca (minimal e experimental), e o Synth Rap (hip hop e breaks).
Em 2008, Rafael Araújo completou dez anos como DJ profissional. Entre seus principais projetos está o núcleo da famosa festa
Big Fish, as noites curitibanas da Technose, é precursor da comunidade virtual Eletrogralha, BR909 Records e Eletrodomésticos Records. É também um dos mentores da escola para DJ´s e produtores musicais, a AIMEC - Academia Internacional de Música Eletrônica, presente em Curitiba (PR), Campinas (SP) e Balneário Camboriú (SC).
Rafael Araújo participa de eventos na Europa desde 2002, onde fez cinco turnês passando por diversos países, como Inglaterra, Alemanha, Polônia, França, Uruguai e Argentina. Atualmente, o DJ tem contrato assinado com o Definitive Recordings e Bugeyed (Canadá), Daredo Music (Alemanha), Playloop (EUA) e Emotive Sounds (Itália). A noite de domingo no Crossroads contará também com as apresentações dos residentes Double, Juliano e V. Gaensly.
CrossHouse
Data: 03 de agosto (domingo)
Horário: 19h
Local: Crossroads. Avenida Iguaçu, 2.310 - Água Verde
Fone: (41) 3243-3711
Mais informações: www.crossroads.com.br


Oportunidade para investir em relacionamento
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assina amanhã decreto com as novas regras para melhorar o atendimento nos call centers. As regras visam acabar com a dor de cabeça dos consumidores que dependem deste atendimento para falar com as empresas.
Segundo a consultora em Marketing de Relacionamento, Nelise Zymberg, o decreto será uma boa oportunidade para as empresas acordarem frente ao mercado. “Os produtos estão cada vez mais parecidos, quase não existe diferenciação. As empresas precisam entender que o atendimento com excelência consegue fidelizar o cliente e este canal é fundamental”, fala, ressaltando que as empresas gastam fortunas em lançamentos de produtos, mas pecam quando não investem em CRM (relacionamento com o cliente).
Para Nelise, não adianta investir em campanhas publicitárias e não investir em serviços aos clientes. “Estava demorando a acontecer devido a passividade dos nossos consumidores e a implantação lenta das normas e leis. Agora as empresas terão que se adaptar a nova condição: tecnologia, treinamento e mudança de cultura, ou perder clientes para os mais competentes”, explica.
A especialista diz que estamos na era do relacionamento e flexibilidade é a palavra fundamental. “As empresas caminham para a visão foco do cliente, deixando para trás o foco no cliente. O foco do cliente é destinado a saber o que ele quer para daí a empresa tomar a sua decisão. Essas regras vão contribuir para isso e espero realmente que as empresas invistam em seu relacionamento com os clientes”, finaliza.



Panificação em Festa
O SIPCEP - Sindicato da Indústria de Panificação e Confeitaria no Estado do Paraná realiza dia 02 de agosto, às 20h00 no restaurante Madalosso em Santa Felicidade, jantar comemorativo ao Dia do Panificador, que aconteceu dia 08 de julho. Será um grande evento com a presença de mais de 1500 pessoas ligadas a panificação paranaense e brasileira.
A noite promete várias atrações que vão homenagear e alegrar toda a classe, que sempre trabalha de sol a sol para levar aos consumidores produtos diferenciados e, de qualidade.
Joaquim Cancela Gonçalves, presidente do SIPCEP disse: “O Dia do Panificador é uma data muito importante e estamos preparando uma jantar festivo, que além de prestigiar a classe vai contribuir com instituições de caridade, que vão receber todos os produtos expostos e, as latas de leite em pó que serão arrecadadas voluntariamente”.
A panificação do Paraná está se especializando cada vez mais e, a busca pelo aprimoramento é uma luta constante do Sindicato da Panificação, que através de parcerias tem conseguido uma mudança nos conceitos dos empresários e funcionários, um exemplo disso, é a conquista da Escola de Panificação do SENAI inaugurada recentemente, um projeto defendido há tempos pelo sindicato, que beneficia a população e os empresários, proporcionando uma profissão e a qualificação de mão de obra.
Ainda para esse ano, o sindicato pretende lançar um novo projeto de ensino, que vai levar o conhecimento da panificação para várias regiões do Paraná.

Comentários